14 agosto 2011

Lições

O Dia dos Pais foi dia de lições nos campos...
Dia de castigo para o Tricolor da camisa mais bonita do Brasil, quiçá do mundo. Mesmo jogando no Olímpico, o Grêmio não seria páreo para o atual campeão. Mas, eis que a Roda da Fortuna gira e deixa o Flu naqueles dias em que nada dá certo mesmo. Saindo na vantagem, o Tricolor recua e permite que o xará dos pampas ache um primeiro gol que abre o caminho para a virada - protagonizada por Marquinhos, vejam só! Após o jogo, Fred declara que o time tem de "jogar feio" para ganhar. Deve ser resquício das 27 caipirinhas de saquê... O Flu pressionou, chegou a jogar com 4 atacantes contra a defesa de azul, mas a redonda teimou em não entrar. Assim, o Tricolor das Laranjeiras segue na inconstância de resultados. Fica a lição: "bobeou, dançou".
Enquanto isso, o Framengo resolveu mostrar seu lado carente e apelou para o chororô! Jogou mal e permitiu o empate do Figueira, após estar vencendo por 2x0. Sobrou para o árbitro que teria "intimidado" os jogadores. O Framengo já fala em "providências" contra Héber Roberto Lopes! Só faltava essa mesmo... Ao primeiro sinal de dificuldade o bonde desata a dar sinais de pane geral! Fica a lição: "lugar de chorão é em casa".
Quem passa por uma pane é o Palmeiras, que volta a fracassar na rodada. Agora levou a "dobradinha" do Vaishco e se afasta do G4. O Parmêra foi afoito, tentou ser veloz, ao estilo Felipão, na base do 'vamo que vamo'. Mas sucumbiu ao ritmo ditado por Juninho e Felipe, ao estilo Ricardo Gomes. Fica a lição: "quem tem pressa come cru".
O Coxa já não pode mais reclamar da arbitragem. Graças a um gol em impedimento e a outro derivado de um penal que só Lenadro Vuaden viu, o time do Couto Pereira, que tem uma meiúca que vem se entendendo bem, manteve o jejum do Galo sob o comando de Cuca. Fica a lição: "a língua é o chicote da bunda".
E o Peixe está demorando a se achar no Brasileirão. Perdu mais uma e segue sua sina 'pós Libertadores' - tem time, mas não encontra o futebol. Ganso ainda não voltou a jogar e só Neymar não dá conta do recado. E a defesa voltou a bater cabeça, dando brechas aos adversários. Se Muriçoca não achar logo a trilha da vitória, ficará difícil para o Peixe se recuperar. Fica a lição: "quem dorme, não vê o trem passar".
O Curíntia também deixou a oportunidade passar e ficou no empate com o Ceará, após um primeiro tempo avassalador e de estar em vantagem por duas vezes. O gol de Rudnei, no finalzinho, foi uma ducha de água fria no time, que esperava o fim da partida e sai abalado com o empate em casa. Fica a lição: "quem tudo quer, nada tem".

5 comentários:

Acir disse...

Mais uma vez deixo meu comentário aqui, lembrando a vitória acachapante do Paranito que o manteve no G4 da segundona. Grande campanha do tricolor da Vila Capanema!!!!

Eu disse...

Final de semana fantástico para mim. Meu Tubarão que antecipadamente já esta classificado para o Paranaense de 2012 e deve se consagrar campeão da divisão de acesso. E meu Flamengo que, apesar da inveja e agoro dos pó de arroz, continua invicto !!! Viva o Tubarão...Viva o Urubu ...Seja na Terra, Seja no Mar..VENCER,VENCER VENCER !!

Saci disse...

Fica outra lição: quem tem amigo blogueiro mala, não pode reclamar de amolação.

Anônimo disse...

O tricolor da "camisa bonita" virou uma venezuela B...

Dimitry disse...

Pois é, o juizão só rouba a favor do Glorioso Coxa Branca quando não precisa, até o Combate Barreirinha bate no CucaGalo!
Agora na final da Copa do Brasil aonde vale alguma coisa, fomos garfados!