12 novembro 2007

Pois é...

Preâmbulo
O time brazuca Sub-15 foi bi-campeão, mas tem de agradecer aos
hermanos, que venceram o Uruguai e garantiram o caneco para as plagas tupiniquins. Apesar de nossa derrota para os uruguaios (1x2), ganhamos no saldo de gols (1 de diferença!), obtido contra os fregueses do lado de lá dos Andes - os chilenos. Claro que teve chiadeira, pois os vencidos reclamaram de um penal que os portenhos teriam cometido e o árbitro não marcou. Choradeira esperada... Assim como a balbúrdia brasileira após a conquista, com samba e fuzarca no gramado. Êta nóis.
Brasileirão
O Framengo já está com um pé na Libertadores, graças à sua boa campanha no Maraca - que lotou com quase 82 mil favelados penetras. O Peixe, quase lá, nem se esforçou muito e tomou um sacode do rubro-negro, que agradece à mãozinha. Há quem diga que Luxa tenha facilitado, já que não esconde sua paixão pelo time da Gávea. Bem, depois de comer a manicure, tudo pode acontecer...
O Grêmio vem fazendo a sua parte na ajuda ao rubro-negro: perdeu mais uma! Jogando como se estivesse de ressaca, o tricolor dos pampas não foi páreo para os Bambis e perderam a terceira seguida. Que terá acontecido com o Grêmio?
Outro que desceu a ladeira e não parou foi o Cruzeiro. Agora conseguiu perder pro combalido Inter, que já teve sua boa fase. Hoje, ambos fazem jogo de chutões e "bola pro mato". Categoria, nem pensar... Só Nilmar se salvou no árido cenário do match.
O Timão esperneia, debate-se e luta para não cair - e parece que não vai mesmo. Tudo parece conspirar a favor - não são só as maracutaias de bastidores. Até Paulo Baier, que não havia perdido uma cobrança de penalidade máxima sequer, dessa vez colaborou. E Felipe, o herói do jogo contra o Goiás, já pediu aumento de salário por conta da boa atuação.
O Paranito vem fazendo força para tomar o lugar do Coxa na segundona. Tomou um vareio do Botafogo e complicou-se mais ainda na luta para fugir da ZR. O alvi-negro se aproveitou do adversário para encerrar um jejum de 5 meses sem ganhar no Maraca! Josiel continua como artilheiro, agora com um a mais que Acosta. Que peça prega o destino, não? O artilheiro da competição num time virtualmente rebaixado.

2 comentários:

Digão disse...

O torneio de 2007 foi um dos mais fracos que presenciamos ultimamente. Não sei se o futebol atuallmente anda numa mesmice, afinal o mundial 2006 já foi meio palha. Numa dessas, eu enjoei de futebol e ainda não me dei conta.

Mas, o que falar de um campeãozinho como esse São Paulo FC ? Time campeão que faz 52 gols em 35 partidas (média de 1,5 gols). A zaga tomou poucos gols, mas é a força e qualidade dos zagueiros ou a ineficiência dos atacantes ? Os artilheiros são uns tais de Acosta (Nautico) e Josiel (Paranito), ambos com 19 gols em 35 rodadas (média de 0,54). Tirando o Cruzeiro, os ataques mais positivos ficaram nessa média de 1,5 gols...

Daí, o craque do torneio é um guapo (Ceni). Tudo bem que é um senhor guapo, mas o dia que o melhor jogador do meu time for o guapo, eu ficarei preocupado (razão pela qual nem comemoro o título estadual do Peixe em 84, ainda que em cima do Timãozinho, nosso eterno freguês)

A revelação do campeonato é um tal de Tiago Neves. Não enche os olhos de ninguem que não seja tricolor.

Se alguem fizer a seleção do campeonato, teremos muitas discussões e poucas unanimidades.

Mas, acho que a principal decepção foi o Peixe. Temos um plantel de jogadores que poderia render mais no campeonato e encostar nos Bambis. Penso que a perda da Libertadores, que era o grande projeto do time no ano, foi uma ducha de água fria nos ânimos de todos e o time acabou perdendo a moral e o futebol.

Rômulo disse...

"Peixe decepção". Grande novidade...