15 junho 2008

Que fiasco!

A Seleção fez uma péssima apresentação contra o líder das Eliminatórias, o Paraguai, e levou dois cocos em Assunção. Cabañas, carrasco de times brasileiros na Libertadors, também deixou o seu na meta de Júlio César. Dunga escalou 3 cabeções na meiúca (Gilberto Silva, Mineiro e Josué), mas o esquema não funcionou. Era previsível que ficássemos sem armação de jogadas, mas o baile foi um brinde inesperado. Perdidos em campo, os brazucas deixaram os cucarachos mandarem na partida. Raras foram as ocasiões em que fomos ao ataque com algum perigo. Diego Cai-cai e Robinho pouco fizeram. E pouco foram auxiliados também. Acuada, a Seleção só fez seu primeiro ataque aos 22min, enquanto o Paraguai mantia a pressão. O chute de Cabañas que caprichosamente bateu na trave e voltou nas mãos do arqueiro brasileiro demonstrou o quanto estávamos apáticos. Não demorou muito e a supremacia paraguaia se concretizou no gol de Santa Cruz. A entrada de Anderson tentou corrigir a postura demasiadamente reservada da meiúca, mas o segundo tento paraguaio dificultou ainda mais a tarefa do time. Para complicar ainda mais, o time de amarelo teimava em não acertar uma jogada sequer. No desespero, entraram Adriano e J Baptista, nos lugares de Mineiro e Diego. Sinal de que o treinador também não sabe muito bem o que quer. O que não pode é manter um meio de campo de Seleção Brasileira com 3 marcadores! Nosso jogo não é esse. Nosso jogo é de toque de bola e de ataque. Um meio que tenha Elano e Anderson deve render melhor, pois são jogadores que sabem marcar e sabem subir ao ataque. Enquanto o Dunga teimar em ficar batendo boca com os craques por causa de "empenho em jogar na Seleção", estamos à mercê de acasos para ganhar algum jogo.

3 comentários:

Dimitry disse...

Voltemos a teoria da conspiração.
Só por interesses econômicos é que se mantém aquela merda que é o robinho na seleção.
E a convocação do adriano pudim de cachaça, nem pro paulistão ele presta!
O dunga está técnico pela conveniência de não ter a menor possibilidade de impor alguma vontade frente aos dirigentes da CBF...
E que o atlético se foda!

Digão disse...

Dunga sempre foi cabeça de área. E ainad metido a líder falador...Dá nisso, o cara fica vociferando contra quem ele acha que não lambe o saco dele e arma time de empate!

Rômulo disse...

Ainda acho que tem muito cabeça de bagre na meiúca.