12 fevereiro 2008

Que papelão

O Eurico não se cansa de pagar micos na Presidência do clube mais impopular do país. Depois de meter o bedelho no 'trabalho' do 'técnico' Embromário e ficar feio na foto pela burrada, agora quer se vingar do ex-amigo. A crise entre ambos está cada vez mais profunda. Eurico, em entrevista ao programa Casaca no Rádio, da Rádio Bandeirantes (fico imaginando o teor de um programa desses), ameaçou retirar a estátua do atacante de São Januário. "Aqui no Vasco existem coisas concretas", afirma Eurico. "A homenagem é feita e quem recebe é merecedor. Agora, se a pessoa que recebeu denegriu essa imagem, não dando o valor devido, aí é algo para se pensar." A estátua de Romário foi erguida em bronze no gramado de São Januário para homenagear os mil gols da carreira do jogador - a homenagem ocorreu em agosto do ano passado. Romário deixou o Vasco na última semana depois da interferência de Eurico na escalação do time. O atacante queria Abuda no ataque, mas o presidente ordenou que Alan Kardec fosse para o jogo contra o Friburguense, pelo Estadual do Rio. Após o desentendimento, Romário disse que Eurico "ainda era seu pai no futebol" e que uma reconciliação deveria acontecer em breve. Mas os dois não voltaram a se entender. No meio desse atrito, o Flamengo fez uma proposta para tentar contratar o jogador, e tudo indica que o Baixinho voltará ao lugar de onde veio - a favela.

Romário chorou ao ganha uma estátua no Vasco

2 comentários:

saulo disse...

É só no Vasco que o presidente intervém na escalação, né!?
Vc não tem coisa melhor a fazer do que ouvir o tal "Casaca no Rádio"? Nem eu ouço isso!
A maior cagada do Eurico foi dar ajuda pra vcs não caírem (2 vezes). E depois, pra piorar, criou a JH, pra vcs subirem da 3ª pra 1ª direto. Não fosse isso, até hoje vcs fariam clássicos com o Paulista de Jundiaí e com o Avaí...

Rômulo disse...

É, é só no Vaishco que essas barbaridades acontecem tão descaradamente. Timinho!