12 julho 2007

A xiripoca vai piar!

A Argentina assegurou sua vaga na final da Copa América, como previsto por meio mundo (só as mulheres não sabiam disso), ao bater o organizado time mexicano por 3x0. Não foi fácil, mas o melhor futebol e o sangue-frio dos hermanos fizeram a diferença.
No primeiro tempo, o México até assustou, com boas jogadas de ataque. Numa delas, Guardado limpou a zaga num corte rápido e concluiu no poste direito de Abbondanzieri. Não guardou por pouco. Se tivesse uma perna destra melhor, teria feito! Aí, no final da primeira etapa, a Argentina achou um gol com Heinze, após cobrança de Riquelme.
Essa vantagem foi determinante. Obrigado a buscar o gol, o time da América Central se expôs aos rápidos contra-golpes dos platinos. E aí foi caixão e vela preta!
Com Tevez incomodando mais que cunhado em dia de festa e Messi ligeiro como fogo no pinheiral, a Argentina construiu um folgado placar, que só não foi maior por que ambos os times viram que já estava de bom tamanho - além de Palacio ter colaborado. Riquelme não fez o mesmo estrago que em outras partidas, mas, ainda assim, mostrou que tem categoria em lances de controle de bola na meiúca, amarrando o jogo, e na cobrança do penal.
É, rapaziada! Podemos botar as barbas de molho. Domingo, às 18h, temos todas as chances do mundo de tomar um vareio argentino e amargar as tradicionais gozações.
Oxalá o time de amarelo desobedeça o técnico e resolva jogar a bola que sabe!

2 comentários:

dimitry disse...

WO seria uma saída mais honrosa do que entrar em campo...
Será que Fernando entra jogando?!

Bruno disse...

E o golaço do Messi nem mereceu comentário? Depois vem dizer que entende de bola...